Quando a modernidade era pobre

flat design_03

Não pretendo falar sobre o avanço do Flat Design (tendência que nasceu nas interfaces digitais para usuários) e nem sobre como ele vem migrando para outros meios do design. Gostaria de falar sobre as percepções que o Flat Design desperta, e nisso é interessante ver como a opinião das pessoas muda.

Se apresentada a um cliente há pouco tempo atrás, uma peça elaborada com os moldes mini- malistas do Flat Design seria sumariamente reprovada e severamente criticada por ter um design “pobre” – quando digo cliente, não falo de multinacionais ou empresas com departamentos de marketing trabalhando em parceria com suas agências em cima do que o consumidor “precisa” e não o que ele “quer”. Quando digo cliente falo do cliente médio, sem estrutura ou planejamento, que simplesmente responde a demanda e que é incapaz de aceitar uma nova ideia ou perceber que a agência de publicidade é uma parceira e, principalmente, se recusa a perceber que o consumidor pensa.

Bom, para este cliente (que deve representar perto de 90% dos anunciantes) não importava a correta defesa, a pertinência ou o conceito embutido na proposta. O visual era tido como “pobre” e ponto. De volta à criação e desta vez com uma foto, hein!!!

flat design_01

Era, e infelizmente ainda é, a época de um jargão – agora, ao meu ver – famigerado: “1 imagem vale por 1000 palavras”. É incrível como este raciocínio vai do 8 ao 80. Ajudou a criar peças belíssimas, mas seu uso sem critério sentenciou quase a morte o anúncio All Type, afinal – e aí cabe outro jargão deplorável – “ninguém vai ler isso”.

Por algum tempo estes dois mantras ditaram regras que sentenciavam propostas mais ousadas à gaveta de seus criadores. Uma imagem bonita (preferência para foto do produto ou pessoas sorrindo), uma frase curta (que na maioria das vezes deveria “vender” 3 ou 4 benefícios, mas ainda assim curta) e o logotipo o maior possível eram a receita da propaganda “certa”.

flat design_02

New Apple iOS 7 features are displayed on screen during Apple Worldwide Developers Conference (WWDC) 2013 in San Francisco

Já hoje em dia a coisa é um pouco diferente. Grandes empresas já usam e consolidam o uso do Flat Design. Agora, aquele cliente médio já se acha com expertise para exigir algo moderno, inovador e diferenciado… algo tipo “menos é mais”… algo como o “tal do Flat Design”.

Anúncios

Sobre Mauricio Andreoli

Ex-goleiro, ex-solteiro convicto, um Diretor de Arte que precisa voltar a desenhar e um cozinheiro que precisa emagrecer. Enfim... um cara normal que tem alguns amigos, muitos conhecidos e nenhum inimigo. Já é uma vantagem!

Publicado em 22 de outubro de 2013, em Pessoal e Intransferível e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: