Arquivos do Blog

Não era para ser de GRAÇA???

promo_shell

Ontem li a equação acima pela primeira vez numa faixa em um Posto da Shell, e como tantas outras promoções que vemos por ai acho ela descabida e até mesmo desonesta.

Pagar pelo brinde! Grande sacada do Diretor Financeiro com o apoio do Diretor de Marketing. Só pode ser isso.

E mesmo correndo o risco de ser tachado de velho ouso lembrar que na minha época bastaria abastecer o carro com os tais 25 litros de gasolina para se ter direito ao brinde, sem qualquer ônus a mais, simples assim. E se o tal brinde fosse parte de uma coleção, tanto melhor, a volta ao posto de gasolina estava garantida dali há poucos dias. Afinal quem não gostaria de ter sua coleção completa. É só não complicar que todos querem.

Eu guardava as tampinhas de refrigerante para trocar por copos da Pepsi-Cola (se chamava assim na época) ou por garrafinhas em miniatura da linha Coca-Cola, que se bem me lembro eram trocadas por 2 tampinhas cada garrafinha e 5 ou 6 tampinhas pelo mini-engradado.

promo_shell_c

E falando a verdade, até já paguei por brinde sim. Na primeira edição dos io-ios da Coca-Cola no Brasil (lá nos idos dos anos 80) para se ter os translúcidos (os mais legais) tinha que se dar uma quantia em dinheiro, mas era uma valor quase simbólico. Os outros mais simples, com borda branca, se trocava sem precisar de dinheiro.

promo_shell_b

Mas hoje as empresas esquecem a razão final do brinde que é ampliar a sensação de vantagem na compra de determinado produto. Mas como ter esta sensação sendo racional? É só fazer a conta: são 4 carros na coleção, ou seja 4x R$ 14,90 = R$ 59,60,  mais o custo do combustível em si (100 litros x R$ 2,78/litro em média = R$ 278,00) chegando ao valor de R$ 378,60.

Não tem como. Na ponta do lápis não há como achar que se sai ganhando pagando por um brinde.

E quem trabalha em algum ramo de comunicação ou de marketing sabe que o valor unitário do brinde se dilui na proporção da quantidade produzida. Assim R$ 14,90 por um Batmóvel beira o ridículo. A Shell deve ter pago algo em torno de R$ 2,00 ou R$ 4,00 cada. E olha que tô chutando alto. O resto é lucro.

Mas no frigir dos ovos só existem empresas que fazem estas promoções porque existem consumidores que se sujeitam a pagar, seja pela vã ilusão de exclusividade do brinde ou até mesmo algo tipo insanidade temporária. Vai saber!

A  prática de se cobrar um determinado valor em dinheiro pelo brinde não é nova e veio pra ficar. Muitas vezes elas existem apenas para dar significado ao lado mais promocional de um projeto de marketing. Só continuo achando que promoções assim são apenas mais uma forma imoral da empresa lucrar em cima do consumidor sem ele ter um benefício na mesma proporção em troca.