Arquivos do Blog

GERMINOU!

A hora chegou! Foram 12 anos olhando para um feijãozinho muito especial, adormecido em cima de um algodão cuidadosamente umidificado dia a dia, preparando o terreno para o grande momento. Pois, enfim, aconteceu: a ideia de criar um site em parceria com meu amigo-irmão Mauricio Andreoli saiu do papel (e das profundezas de nossas mentes doentias!) – timidamente, é verdade, mas de forma planejada e estruturada para germinar firme e forte, como merece.

Feijão Ao Dente” foi o nome escolhido, garantindo o nonsense indispensável para – como manda a cartilha publicitária – chamar a atenção e despertar a curiosidade para nossos textos, devaneios e demais maluquices que serão postadas aqui. Mas confesso que, mesmo que ninguém se interesse pelo que temos a dizer, sua manutenção será um misto de prazer, diversão, válvula de escape, terapia e realização, por tudo que ele representa pra mim. Das tardes sombrias e sem esperança na eterna “mesinha 2” (R.I.P.) ao atual tsunami de atucanações, compromissos e dúvidas existenciais da meia-idade, nunca deixamos de acreditar no potencial deste projeto – seja como bengala psicológica ou como nossa “Megasena da Virada” (acumulada há 12 anos… vige!!!).

A demora até o instante em que escrevo este texto era como uma desgraçada de uma casquinha de feijão no meu dente, incomodando e me avacalhando a cada sorriso incauto. Felizmente o Mauricio, como bom amigo, me avisou a tempo de tirá-la, numa metáfora que ajuda um pouco a explicar nossa escolha por este provocativo nome: o Mundo anda rindo com um feijãozão no dente, e alguém tem de salvar o dia alertando-o sobre isso, prevenindo-o do ridículo e evitando o constrangimento alheio.

Essa é a receita, na medida para quem está chegando com fome de produzir conteúdo relevante. Esse é o nosso tempero: meio salgado, al dente, às vezes até indigesto, mas pretensiosamente saboroso e com o famoso “gostinho-de-quero-mais”. E se alguém ficar com uma desgraçada de uma casquinha de feijão no dente, não se preocupe que – como cabe aos mais íntimos amigos – nós faremos questão de avisar! 😉

Início de ano. Início do blog.

Via de regra o ano começa após o Carnaval no Brasil. Por isso este blog nasce hoje e nascer é sempre complicado, mas cheio de expectativas. Quando este site foi germinado há “trocentos” anos atrás – sim, nasceu como um site, pois ainda não se tinha o conceito e as facilidades de um blog como hoje – a ideia era ser um campo de experiências, um lugar onde o que fosse interessante e relevante pudesse ser postado. Um espaço onde as referências profissionais, pessoais, os desabafos, as opiniões e curiosidades pudessem ser postados e misturados sem seguir uma fórmula, ou como se diz em propaganda quando o atendimento esta sem o briefing do cliente: “a criação esta totalmente livre para criar”.

Acho que isso era uma coisa para já ter sido feita há algum tempo, mas às vezes acontece de a ideia precisar de um tempo de amadurecimento. E como todas as boas ideias que temos em nosso íntimo e que consideramos algo que vale à pena, ela resistiu bravamente ao passar dos anos e agora está tomando forma.

Sinceramente não sei quanto tempo este site (tá bom, blog) vai durar… não sei se ele é aquele cara que logo toma um tiro na testa na hora do desembarque ou se vai morrer de velhice.
Não sei mesmo e divido esta dúvida com vocês.

Só sei que vai ser uma coisa que vamos adorar tirar do papel.